.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. RASTREIO AUDITIVO NEONATA...

. MIELOMA MÚLTIPO

. "A DOR MENTE"

. MAIS BENEFÍCIOS DO CAFÉ

. SEMANA DA INCONTINÊNCIA U...

. HIV E SIDA

. BOAS FESTAS

. SUGESTÕES DE TEMAS?

. HIPERPLASIA BENIGNA DA PR...

. ENDOMETRIOSE

.arquivos

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sexta-feira, 23 de Março de 2007

O TABACO E A SAÚDE

 

Em termos do comportamento individual, a saúde é muito afectada por todo o tipo de comportamentos aditivos, como o consumo de álcool, tabaco, fármacos sedativos e hipnóticos, estimulantes, etc.

Actualmente o tabaco é a principal causa de cancro do pulmão, sendo cerca de 30% os fumadores regulares da União Europeia. Fumar diminui em cerca de 20 anos a esperança média de vida e 50% dos fumadores morrem de causas ligadas ao tabaco, metade deles em idade activa.

No total, o tabaco é responsável por 20% das mortes dos países desenvolvidos e é considerada a principal causa de morte evitável.

No entanto, é outra a perspectiva que preocupa a actualidade e tem sido motivo de notícia: os efeitos negativos do tabagismo passivo. Na realidade, as estimativas indicam um aumento de 24% de risco de neuplasia do pulmão nos não fumadores que vivem com pessoas que fumam.

Entre os objectivos que movem os políticos no século XXI está a diminuição para 20% do número de fumadores nos próximos 15 anos. Neste sentido o governo português criou uma nova lei relativamente ao acto de fumar em espaços públicos, deverá entrar em vigor no início do próximo ano.

Mais uma vez constatamos a intima relação estabelecida entre a saúde e os comportamentos, tal como a importância da prevenção no controlo do tabagismo: evitar a habituação tabágica e cessar a mesma, regulamentar as condições de fabrico e venda do tabaco, proteger os não-fumadores da exposição ao fumo passivo e criar um clima social em que não fumar seja a norma.

 

tags:
publicado por Dreamfinder às 22:55

link do post | comentar | favorito

.links